Carregando...
 

Estrutura simplificada pessoa-sig

Normalmente, o que encontramos na maioria dos textos, que descrevem a constituição de um Sistema de Informação Geográfico, é uma simples descrição dos elementos que compõem um sig. Com efeito, com mais ou menos detalhes, a maioria dos trabalhos descrevem a estrutura técnica da tecnologia de base, o sig, ou seja, discorrem sobre o modelo tecnológico e seus requisitos operacionais, como se tivessem apresentando o SIG.

Neste sentido, o que se denomina “estrutura” é uma configuração estática de elementos a priori, ou “de partida”, muito comum na descrição do elemento tecnológico de qualquer Sistema de Informação. Nesta estrutura, só se reconhecem os elementos materiais, implícitos na configuração da tecnologia, como, por exemplo, as Bases Digitais, de Coordenadas e de Atributos, e o engenho de representação e de Análise. Entendido este último como o programa que, unindo estas duas bases, permite a reprodução de um mapa geográfico, contendo representações dos atributos de diferentes objetos espaciais, e permite também o exercício da função de análise e de síntese geográficas do referido mapa.

ESTRUTURA PESSOA-sig
img/wiki_up//estruturasig.gif

Nesse tipo de descrição, já naturalizado no meio acadêmico, não se busca de fato reconhecer a constituição ou o estatuto do SIG, em termos de um conjunto de elementos capaz de assumir uma estrutura de tipo aberta e “de chegada”. Busca-se geralmente o que é mais simples, ou seja, reconhecer e tratar a estrutura fechada e “de partida” de um único elemento do SIG, sua tecnologia de base.

Em outros termos, reduz-se a descrição do SIG à descrição da tecnologia que o sustenta, o sig, deixando de lado um conjunto de elementos importantes, cuja combinação e articulação, embora ordenadas e dirigidas pelo sig, nunca assumem uma forma estática e definitiva. Pelo contrário, a própria natureza “aberta” e dinâmica do SIG, implica que este deve ir se constituindo incessantemente, a partir das diferentes possibilidades de articulação e coalescência de seus elementos, mesmo que estes últimos tenham que se conformar, até certo ponto, às diretivas do sig.


Categoria: Teoria do SIG

Directory statistics

Sites: 310
Sites a validar: 0
Categorias: 20
Buscar: 1558
Links visitados: 148873

Busca Google

 
igeo-server.igeo.ufrj.br
WWW

Idioma do site: Português Brasileiro

Últimas mensagens para blogs

  1. espacialidade
    27-03-2006 12:05 BRT
  2. SIG (ilusão x modelagem do território)
    27-10-2005 18:35 BRST

Usuários on-line

5 usuários on-line